Escritório de contabilidade, devo contratar?

Porque contratar um escritório de contabilidade no ato da abertura da empresa?

Nós da Hommage já atendemos diversos empresários, empreendedores, diretores e sócios de grandes,médias e pequenas empresas,porém esse artigo será destinado a aquelas pessoas que querem ser empreendedoras e que já escolheram ou não to que querem empreender e buscam o escritório de contabilidade para abrir sua empresa.

Muitos empresários não possuem plano de negócios da atividade que querem desempenhar e nesse caso, vai dois pontos que achamos principais para ter contabilidade na sua empresa desde o início.

Autônomo ou CNPJ

Sempre que um empresário nos procura para fazermos a declaração de imposto de renda anual pessoa física a famosa e temida DIRPF, já fazemos a declaração de forma consultiva.

E sempre vemos a origem das receitas do cliente e já fazemos um planejamento tributário e dentro do planejamento entra a diferença das cargas tributárias de pessoa física e jurídica, a maioria dos empresários não procuram o contador para medir oportunidades de ganho tributário no simples fato de mudar de PF para PJ.

Muitas vezes por causa da correria do dia a dia e outras para não ter que pagar um serviço que muitos acham desnecessários.

Más, temos muitos empreendedores que com os nossas orientações querem saber mais e acabam entendendo que trabalhar como autônomo na maioria das vezes não é vantagem e muitos tem receio de obter CNPJ,por causa do investimento necessário e precisam fazer em escritório de contabilidade.

E mesmo pagando fica muito mais barato ter uma contabilidade para sua empresa ou não apenas ter ou se manter como autônomo e principalmente por causa da obrigatoriedade com retenções de impostos como o INSS e o IR que muitos não tem a noção de como isso pode prejudica-los financeiramente em possíveis fiscalizações, fora que muitos tomadores de serviços não contratam autônomos para não assumir a responsabilidade tributária.

Estamos ajudando bastante empreendedores a converter seu serviço de autônomo e se tornar Pessoa jurídica por ser mais atrativo e barato na questão dos impostos.

Distribuição de lucro

Se o empresário abre a empresa, tem seu CNPJ, sua inscrição municipal, inscrição estadual e foi enquadrada no simples nacional, muitos não querem manter a contabilidade.

Nesse ponto a Hommage trabalha em orientar o empresário, que alega falta de capital de giro e não consegue manter contabilidade que é uma mensalidade barata perante aos benefícios, porém a contabilidade é uma extensão da empresa para controle de receita e despesas e suas demonstrações de forma estratégica.

Medir o crescimento do negócio e pontos a melhorar.

nosso Escritório de contabilidade
Escritório de contabilidade

E assim, a contabilidade da sua empresa é de extrema importância quando tratamos da distribuição de lucro sem a tributação do imposto de renda pessoa física.

Se a empresa não consegue demonstrar sua distribuição de lucro, feita pelo profissional contábil através do balanço patrimonial junto com a demonstração do resultado do exercício, será necessário presumir o lucro do faturamento conforme cada atividade econômica, onde varia a alíquota de presunção que tem como máxima 32%, entre negócios enquadrados como indústria, serviço e comércio, cada um tem um percentual diferente, observe um exemplo dessa regra:

Empresas que possuem escritório de contabilidade

Faturaram 100 mil reais no ano de 2018 e tiveram um resultado de 50 mil para serem distribuídos a título de lucro para seus sócios.

Faturamento = 100.000,00
Custos, impostos e despesas = 50.000,00
Lucro = 50.000,00


Distribuídos para seus sócios, 50% para cada um, seja, 25 mil distribuídos para cada sócio, dessa forma demonstrado para balanço, esses 25 mil não terão imposto de renda pessoa física, será isento,

esse é o principal motivo de a empresa ter um escritório de contabilidade, cuidando da sua empresa enquanto os empresários focam no crescimento do seu faturamento e resultado.

Empresas que NÃO possuem escritório de contabilidade

Como o empresário não tem balanço patrimonial de sua empresa o valor transferido para conta do sócio deverá ser feita da seguinte forma:
Pegamos o exemplo no tópico anterior:

Faturamento = 100.000,00
Custos, impostos e despesas Não foi possível mensurar
Lucro Não é possível mensurar

Pois assim o valor deverá ser presumido para isentar o imposto de renda, o restante vai ser tributado normalmente, assim a conta ficaria da seguinte forma:

100.000,00 x 32% = 32.000,00 essa será a parcela isenta do imposto de renda pessoa física.

E o restante do valor ?


Ai que mora o perigo deverá ser tributado pelo IRPF normalmente e muitos não o fizeram.

E com o cruzamento que a receita federal faz, acaba pegando a irregularidade e autuando os contribuintes através da malha fina do imposto de renda, ou até mesmo procedimento de fiscalização em cada empresa e o imposto fica altíssimo com multa e juros retroativos ao mês que ocorreu o fato gerador.Por isso nós da Hommage sempre orientamos o cliente, vamos manter a contabilidade, não deixe sua empresa sem controlar suas receitas e

despesas, isso é de suma importância para o crescimento do negócio e também para evitar autuações referente ao IRPF e outros aspectos que trataremos em outros artigos.

Espero que gostaram do pequeno artigo onde tentamos ser o mais objetivo e direto para que o empreendedor esteja seguro que a contabilidade é de suma importância para sua empresa.

Link útil
Veja Aqui